Saturday, September 30, 2006

Surfing - Secret Spot Take 1

Photobucket - Video and Image Hosting

















É no mar que eu vejo o teu olhar
O teu encanto é magia o teu toque é poesia
Quando te vejo fazes-me lembrar, fazes-me sonhar
Que tudo passa, que tudo rima

O teu sorriso é fatal, algo irreal...
lábios que transportam palavras doces
brisas que me fazem suspirar
Nada mais para acreditar...

A tua presença é real
Traços que pareçem mel
A noite trás o feitiço
e é nisso que eu acredito.

bjs. e abraços


Friday, September 29, 2006

CRM e HRM - Take 3 - Machines are digging

Photobucket - Video and Image Hosting
Take 3 episódio de hoje...

Como em tudo, a mudança chateia muita gente. A aversão à mudança é realmente o factor desconcertante em que o HRM entra em campo (ainda vou ganhar €€ com isto :-) ).

Muito se fala, muito se diz, em congressos em palestras e em livros escritos pelos mais conceituados gestores bem como por aqueles que se intitulam consultores, mas de facto e pessoalmente acredito que sem HRM não existe CRM.

Para que o empenhamento quer da Alta Gestão quer da Gestão Média seja eficaz é preciso que as pessoas acreditem e sintam a necessidade de algo.

Sou apologista que ninguém compra o que lhe vendem caso não sinta necessidade e é esta necessidade que se encontra escondida e perdida no tempo que uma organização normalmente não têm.

Apesar de se identificarem claras lacunas em processos e evidências que comprovam a necessidade de uma mudança consciente e profunda, devidamente planeada e pensada, não se pode exigir aos criadores de lacunas a solução para as culmatar.

Chamaria "envangelização" à necessidade que estes gestores sem tempo têm, precisam de parar para gerir e parar para repensar.

Costumo dizer que a nossa organização joga com 12 jogadores, mas ainda ninguém percebeu o que isto significa...mas na realidade o que quero dizer é que temos os treinadores (gestores) dentro do campo a jogar à bola junto com os jogadores (operacionais) e com isto toda a estratégia e planeamento que pode antever o nosso amigo concorrente é ineficaz, reduz a visão de jogo e cansa imenso...porque o treinador não tem lugar na formação inicial dos jogadores....corre por todo o campo atrás da bola e nunca a irá apanhar.....lembram-se quando nós dizemos que alguém na empresa é normalmente o "apaga fogos"...é mais ou menos isto.

A dificuldade da mudança reside sempre nas espectativas criadas e na gestão das mesmas. È claro que não é possível implementar um CRM com todas as implicações que isto têm, quando não existe uma formação adequada para todos aqueles que têm obrigatoriamente que contribuir para o sucesso de um projecto e consequtivamente para o sucesso de uma organização.

Na prática, quem já não ouviu desconhecedores da matéria a comprar uma máquina fotográfica e a perguntar se a mesma também serve como telescópio para ver a lua...ou seja a espectativa é criada mas a gestão da mesma não é realizada por desconhecimento na matéria...explicando ainda melhor...toda a gente quer ter um carro, mas ninguém consegue explicar que o carro tem que ter 4 rodas, um volante etc etc etc.

A contribuição transversal do desconhecimento por toda a gestão é justificada com a "falta de tempo" e com isto começa as dúvidas e desconfianças no sucesso de um projecto desta envergadura...é neste momento que o caminho mais fácil é apontado..."e se deixar-mos isto para o ano...com mais calma...e tal...".

Para adiamentos e fugas deste tipo também há soluções como inventar um mês ou seja se de Janeiro a Dezembro não há tempo, inventei um mês...pois..."Desjamarbro"..uma mistura de dezembro com janeiro e março....que ninguém na alta gestão percebeu, mas entenderá o objectivo, ou seja...

"Cara alta gestão, estando encarregue pela direcção do projecto , informo que o projecto irá ser continuado em Desjamarbro, dada a indisponibilidade demostrada pelos treinadores"

Várias perguntas saem daqui (é esse o objectivo, lerem a comunicação):
1-Desjamarbro?? o que é isto?
2-Quais treinadores?
3-vocês está louco ou que?

Resultado a malta pára para pensar...agora resta esperar.

Como alguém diria hoje, sentimo-nos como no filme Matrix, estamos na toca e sabemos que hà umas máquinas por cima de nós a escavar para nos atacar, resta-nos esperar...e também á semelhança do filme Matrix fica a mensagem....

"Lembrem-se...o que estamos a ofereçer é apenas a realidade, nada mais"


HRM = Human Reaction Managment

bjs e abraços...

Wednesday, September 27, 2006

CRM e HRM - Take 2 - Valley of Tears

Photobucket - Video and Image Hosting

Nunca fui pessoa de cruzar os braços e do easyway...mas fdx...hoje claramente chegamos ao ponto do "Valley of Tears", esta porra afinal era mesmo verdade....

Continuamos ao sabor do vento, no limbo com pessoas que dizem mas não pensam, pessoas que pensam mas não dizem...a treta continua mas com uma cor diferente.

Tudo aconteçe ao mesmo tempo e mesmo assim ainda há um conjunto de imbecis sem três dedos de testa e com um angulo de visão reduzido que diz....

"Vocês estão-se a sentir bem? nem uma piada nem nada...vocês parecem que estão à beira dum colapso...então não dizem nada? Pelo menos almoçaram, jantaram?"

Obviamente que a resposta foi..."pois..." se bem o que eu pensei foi....devias de estar aqui enfiada à dentro dum gabinete à dias a tratar desta merda e depois queria ver se te apetecia dizer piadas e quanto às refeições claro fdx! achavas o que? que conseguimos fazer isto com o ar que respiramos ?!! Os palhaços de serviço estão enterrados até ao pescoço com problemas ainda queres ouvir piadas!?!

Troquei o nome de guerra da equipa para "Pearl Harbour" pode ser que ajude...afinal depois de levarem tanta porrada conseguiram vingar a derrota teórica, no entanto já não há humor que aguente, já não há problema que surpreenda...basicamente resta cozinhar o bolo de chocolate apenas com a farinha que nos deram e conseguir de certa forma encontrar a luz ao fundo do túnel.

Estamos coxos, desgastados, mal humorados, endiabrados, mal educados, mal encarados, infelizes, aleijados, stressados...ou seja completamente lixados e para a ajudar não há ajuda...resta a nossa força e a nossa visão...para as tradicionais perguntas de "O que se passa" ou "Está tudo bem?"...leiam o correio da manhã porque já nem para essa resposta há paciência.

Para manter a sanidade mental já almoçamos fora do emprego...damos por nós a tentar falar de coisas que nada têm a ver com nada, como das pinturas do Hitler agora em exposição, salvo erro, no CCB, do acidente de um, do acidente do outro, ouvimos música que nem passa pela cabeça de ninguém...tamos tramados...havemos de chegar ao work com o volante numa mão e com um rato na outra!

Fazendo um balanço já aprendemos que:

- As decisões tomam-se, não se pensam;
- Para respostas lógicas temos o "Sim" e o "Não", não pode existir o talvez;
- Para moralismos, temos os seminarios e não as empresas;
- Para perguntas estúpidas o silêncio é a melhor resposta;
- Para te focares, volta sempre ao ponto de partida;
- Para e-mails com + de 5 linhas, responde com "Não leio diários, resume isso em 2 linhas no máximo";
- Para perguntas com mais de 30 segundos de conversa, pede para resumir em 6 palavras no máximo;
- Quando alguém te disser que não tem tempo, tás lixado...

Enfim....vamos acrescentando à lista de ensinamentos mais tópicos à medida que o tempo vai passando.

No entanto estamos preparados e cheios de adrenalina, para o trabalho para as viagens e para tudo o que ai vem...pior do que isto é impossível...mas estamos a adorar ver que toda a gente se anda a rir...

...depois do ataque de Pearl Harbour os japoneses também se riram, mas depois choraram muito.

Bjs. e até sempre

Thursday, September 21, 2006

Special Gift

Photobucket - Video and Image Hosting

Ele prometeu de manhã e cumpriu...

És um espectáculo filho...o pai adora-te!

Monday, September 18, 2006

Tatoo

Brutalmente brutal!

Photobucket - Video and Image Hosting

soon in a nearby theatre

Wednesday, September 13, 2006

uufff

aaaaaarrrrrrrrrrrrrrrrrrrrggggggggggggggggggggghhhhhhhhhhhhhhh!!!!!!!!!!!!!!!!!!

obrigado,

Tuesday, September 5, 2006

Os meus queridos vizinhos!

Photobucket - Video and Image HostingIsto só a mim...para rir e chorar por mais...ou não!

Precisamente à uns minutos atrás resolvi ir comer o meu gelado para a varanda, quando o pior pesadelo se tornou realidade...

Ora bem...à uns meses atrás o meu vizinho de cima, colocava o caozinho na varanda a fazer as suas necessidades, com o objectivo dos vizinhos de baixo (eu) efectuarem análises à urina do caozinho através das amostras, que saiam do ralo da varanda, e que consequentemente ficavam no meu parapeito e respectiva roupa.

Depois de várias reclamações feitas por mim ao mesmo vizinho fiquei a saber que:
"...o meu cão ?!?! impossivel! ele é castrado!"....sem comentários e fiquei também a saber porque eu chumbei a Biologia, é que eu não sabia que os cães castrados não faziam xixi...

(in)Felizmente o caozinho faleceu recentemente devido a um problema não conhecido...por ele.

Terminada a história do caozinho, agora tenho um novo problema...

Naquela casa (do vizinho) para além do casal, mora uma senhora (penso eu sogra, mãe, tia whatever) que à minutos atrás fez questão de reavivar a memória do seu falecido cão...pois...segue excerto da conversa:

Voz da Senhora: "...isto não são puns, são gazes...pruuuuuuuu (som do gaze) pruuuuuuuu (som do gaze)..."

Voz de uma outra senhora: "eu cá para mim isso são puns"

Voz da Senhora: "Digam o que ...pruuuuuuu (som do gaze) disserem para mim são gazes até pq não cheira mal...e aqui (na varanda) não faz mal."

Bem...não faz mal a merdinha! EU ESTAVA A COMER UM GELADO! e gaze, pum ou catrapum é a mesma coisa!

Só espero agora que um dia que vá lá reclamar não me digam:

" Quem eu?? Gazes?? Impossivel! Eu já estou na menopausa!"

Monday, September 4, 2006

Sabes que mais....

Photobucket - Video and Image Hosting

..não foi desta!

Não consigo acabar com este blog caraças!

Este blog é um clássico um byte no meio de tantos outros que resumem um pedaço da minha história...ou falta dela...portanto olha...cá estamos.